ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Histórico

A Missão Somos Um surgiu no ano de 2008 no seio da Comunidade Católica Coração Novo, localizada no território da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro, Brasil). Seu principal escopo é servir à unidade dos cristãos, em sintonia com o magistério da Igreja (Unitatis redintegratio e Ut unum sint) pelo exercício de relações fraternas, oração e edificação mútua, desde o nível dos encontros cotidianos até à Conferência Internacional Somos Um. Em seu percurso eclesial, a Missão Somos Um lança raízes em algumas iniciativas que a precederam, como o ENCRISTUS Brasil (Encontro de Cristãos em busca de Unidade e Santidade, desde 2007) e, no contexto local, o Congresso de Avivamento Somos Um (2008) que visava a oportunizar encontros mensais de partilha da Palavra de Deus e oração comum entre irmãos católicos e evangélicos, na sede da Comunidade Católica Coração Novo, na cidade do Rio de Janeiro.

A partir de 2017, esta iniciativa passa a constituir-se como missão, evidenciando a busca de unidade entre católicos e evangélicos como testemunho profético de uma comunhão possível no Espírito Santo, em amor (cf. Rm 5,5), “para que o mundo creia” ( Jo 17,21), pois, à luz de João 17, a comunhão entre católicos e evangélicos é antes de tudo uma graça que corrobora nosso anúncio, não como agenda marginal, mas como realidade inscrita no âmbito da missão evangelizadora da Igreja (cf. Ut unum sint n. 5-6). Com tal perspectiva, diversos encontros foram (e continuam sendo) realizados na Arquidiocese do Rio de Janeiro, valorizando a vocação missionária entre católicos e evangélicos que testemunham, em fraternidade, o mesmo Evangelho do Senhor: “Nisto reconhecerão todos que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros” ( Jo 13,35).

Nos primeiros anos da Missão Somos Um (2008 a 2010) contamos com a participação de Dom Wilson Tadeu Jönck, SCJ, à época bispo auxiliar do Rio de Janeiro, hoje Arcebispo de Florianópolis; e o acompanhamento do Dr. Pe. Marcial Maçaneiro, SCJ (teólogo da Comissão Internacional de Diálogo Católico-Pentecostal) que nos assessora até o presente. Nessa esteira, contamos igualmente com o pastoreio de outros Bispos Auxiliares de nossa Arquidiocese, especialmente aqueles responsáveis pelo diálogo ecumênico no mencionado território: Dom Nelson Francelino (hoje Bispo Diocesano de Valença, RJ) e Dom Roque Costa Souza (animador da Comissão de Diálogo Ecumênico e Inter-Religioso na Arquidiocese do Rio de Janeiro).

Vale aqui salientar que a Missão Somos Um se insere no caminho ecumênico que já tem sido trilhado pela Igreja Católica no Brasil. Para além do contexto da Comunidade Coração Novo e da Igreja arquidiocesana do Rio de Janeiro, outras iniciativas motivaram e lançaram luz sobre a Missão Somos Um. Destacamos aqui o mencionado ENCRISTUS (Encontro de Cristãos em Busca de Unidade e Santidade): uma plataforma de encontro de evangélicos e católicos de experiência pentecostal-carismática, com atividades de 2007 até o presente em diferentes Estados do Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná), com participantes de 30 denominações e/ou ministérios evangélicos. A primeira realização do ENCRISTUS ocorreu em 2007, apenas um ano antes do Congresso de Avivamento que deu origem à Missão Somos Um. Na ocasião, o Sr. Izaías Carneiro (fundador da Comunidade Coração Novo e idealizador da Missão Somos Um) participou ativamente dos inícios do ENCRISTUS ao lado dos demais membros da Equipe de Serviço. Desde então, ele tem contado com a presença e o apoio de diversos irmãos católicos e evan- gélicos do ENCRISTUS nas atividades da Missão Somos Um. Podemos dizer, com certeza, que a Missão Somos Um foi enriquecida pelo modus operandi e pela metodologia do ENCRISTUS, ainda que tenha extrapolado seu escopo na medida em que se configura como Missão e não somente como Encontro. Atualmente, o ENCRISTUS apresenta-se como uma plataforma ecumênica relevante para o diálogo católico-pentecostal no Brasil, reunindo participantes de aproximadamente 30 denominações e/ou ministérios evangélicos, com ampla rede de relações e encontros anuais em diferentes cidades, incluindo

ações de promoção da vida e encontros específicos para jovens. Em todas essas atividades, tanto o ENCRISTUS quanto a Missão Somos Um zelam pela eclesialidade, em sintonia com os Bispos das Igrejas Locais e com a presença do Bispo presidente da Comissão de Ecumenismo da CNBB, nominalmente Dom Francisco Biasin até inícios de 2019 (função que agora passa a Dom Manoel Francisco, recém nomeado para presidir a mencionada Comissão da CNBB).

Hoje, a Missão Somos Um leva a termo o seu trabalho por meio de algumas iniciativas específicas, que vão desde encontros locais entre católicos e evangélicos na Arquidiocese do Rio de Janeiro até à Conferência Internacional Somos Um, passando por diversos eventos de evangelização.